quarta-feira, 22 de novembro de 2017

USP e SindimotoSP formam parceria para estudo científico com motociclistas profissionais

Na reunião ocorrida na USP estavam, d esquerda para direita: Gerson Cunha e Gilberto Almeida Santos (diretor e presidente do SindimotoSP / Febramoto, respectivamente, Katia Cypriano, Profª. Dra. Vilma Leyton, Dra. Julia Maria D'Andrea Greve e Henrique Bombana.

 A equipe da USP e do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, preocupada com o aumento dos  acidentes de trânsito que levam à morte, invalidez e custos para a sociedade, vem estudando há um bom tempo os fatores de risco mais importantes nessa questão: o uso de álcool, drogas e medicamentos  que podem prejudicar a direção.

Diante desse quadro, a equipe multidisciplinar formou parceria com o SindimotoSP e realizará estudo com coleta de diversos dados junto aos motociclistas profissionais para produzir um estudo científico que poderá ser usado como base para desenvolvimento de políticas públicas para motociclistas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário